O Homúnculo de Rembrandt em Bach via Higs

O trabalho é um processo de fragmentação e reconstrução de dezesseis auto-retratos de Rembrandt. Numa linha de tempo, definida por um trecho musical (partitura), cada fragmento de imagem em região definida é apresentado de forma correspondente  à relações de tempo, altura, divisão de vozes, harmonia e relações intervalares de um trecho de um coral de Bach (coral 128).

A obra é áudio-visual, para vêla na íntegra, clique em Homúnculo!

A composição visual é um recorte de vários conceitos de diferentes áreas, a saber, música, neurociência e física. Decidi usar o conceito de fragmentação e, a partir de recortes de imagens, trecho de música e conceitos sem aparente relação, desenvolver um todo que, tal qual os preceitos da gestalt, seja maior que a soma das partes.

Trabalho 3, bloco “fragmentação”.  Pós graduação em artes visuais: cultura e criação. Pelo SENAC/EAD

Anúncios

Todo homem é livre para dizer o que pensa

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s