Dual

Da teoria de que o homem é biologicamente programado para sentir atração por faces simétricas, algumas pesquisas na área de comportamento e expressão facial, se utilizaram da justaposição de uma hemiface (um dos lados do rosto) com outra igual refletida (oposta).

De tais pesquisas surgiram conclusões interessantes como a de que o nosso lado esquerdo é, na grande maioria das vezes, mais expressivo que o direito. Ou a de que o lado esquerdo remete ao inconsciente e o direito ao ato consciente de expressão.

Algumas pesquisas em leitura facial incluem o passo a passo de como “montar” uma fotografia para descubrir as duas versão que surgem de sua justaposição. Em tais estudos o lado direito é relacionado com o lado mais feminino (Yin), o esquerdo ao masculino (Yang).

Existe uma “tensão” invisível entre a reprodução da simetria do rosto humano através da justaposição de dois lados iguais e literalmente opostas (espelhadas). Há um estranhamento desta imagem, um não reconhecimento dela como padrão. Desta tensão surge a percepção de novos significados.  Feminino-Masculino, Escuro-Claro, Bonito-Feio, Estranho-Comum, Expressão-Placidez e toda a sorte de elementos duais do universo humano.

Para a composição do trabalho deste bloco, utilizei fotografias enviadas por amigos interessados em participar da série que chamei de Yin|Yang. A série foi representada aqui na obra “Dual” com algumas das fotografias feitas.

Penso que não há como a percepção humana fugir do fato de que está (literalmente) entre o céu e a terra.

Fotografias (de cima para baixo):

Pollyanna Guimarães, Maria Verónika, Ianne Maria e Juliana Sousa.

Anúncios

Todo homem é livre para dizer o que pensa

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s